Novidades Tecnologia

Tecnologias no varejo de alimentos impulsionam vendas, agregam segurança às pessoas e aos processos

Conforme as tecnologias avançam, os hábitos de consumo da população se modificam. O implemento de inteligência artificial, internet das coisas (IoT) e métodos de pagamento digitais influenciam diariamente o setor varejista. De acordo com dados da Linx, empresa especializada em tecnologia para varejo, os supermercados tiveram aumento de 900% na receita das vendas online entre março de 2020 e julho de 2021.

Os aplicativos de delivery oferecem maior comodidade e economia de tempo aos consumidores e alcançam pessoas de diferentes partes da cidade – ou seja, quem antes não compraria em uma loja por conta da distância, já pode ser um novo e fiel consumidor.

No entanto, vale lembrar que a tecnologia não está presente somente nas compras que são realizadas online. Diversas ferramentas digitais podem ser implementadas nos pontos de venda para garantir a experiência positiva ao cliente.

É importante oferecer diferentes opções de canais de interação do varejo com o consumidor, buscando atender aqueles que têm preferência por falar ao telefone, e-mail, chats e redes sociais. Se a escolha for por atendimentos digitais, é viável que o primeiro contato seja executado por um robô capaz de fazer triagem dos casos através de questões superficiais. A máquina pode solucionar dúvidas simples de forma automática, transferindo para os atendentes apenas os casos mais complexos.

Outra solução bastante comum no setor é a máquina de self-checkout, em que o próprio consumidor efetua a leitura do código de barras dos produtos, embala as mercadorias e realiza o pagamento sem a presença de um atendente no caixa. O processo contribui para diminuir a necessidade de funcionários e agilizar as filas, o que também contribui com a satisfação do cliente.

O vice-presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) aponta que a projeção de alta nas vendas do segmento em 2022 é de 2,8%. Devido ao alto fluxo de visitantes nos estabelecimentos, o cuidado com a segurança precisa ser constante. Algumas tecnologias têm funcionalidades inovadoras e que ajudam a garantir segurança.

Monitoramento remoto com Inteligência Artificial: possibilita acompanhar a movimentação do ambiente em tempo real através de qualquer dispositivo, podendo alertar para necessidade de higienização do local, por exemplo, e aglomerações. Ainda, é possível descobrir o período do dia com maior circulação de compradores e a média de tempo que cada indivíduo permanece no ambiente, informações essenciais para a tomada de decisões estratégicas para o negócio.

Reconhecimento facial: é capaz de identificar as pessoas que regressam ao local e traçar o perfil dos consumidores, definindo o público-alvo do negócio.

Controle de estoque: há analíticos que detectam a ausência de produtos nas gôndolas, colaborando para maior eficiência, otimização do processo e satisfação do consumidor.

Câmeras térmicas: tornaram-se muito populares na pandemia para monitorar a temperatura corporal de todos que acessam o interior dos supermercados, além de ter a função de controlar o funcionamento de freezers e geladeiras.

Analíticos de vídeo: para evitar o risco de explosivos, há detectores de objetos abandonados que soam alarmes caso alguém deixe para trás qualquer artefato suspeito.

Para auxiliar no combate às perdas ocasionadas por eventuais furtos no varejo e melhorar a experiência do consumidor, a tecnologia é a solução. Acompanhe o blog da LowCost e esteja sempre por dentro das inovações tecnológicas de diversos segmentos do mercado.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *