Setor TI

Coworking em alta: descubra os benefícios desse mercado

Nos últimos anos, o cenário corporativo tem se tornado mais flexível em relação à presença do colaborador no escritório. Muitas empresas optaram por rever seu modelo de trabalho, enxergando potencial e bom custo-benefício na rotina híbrida.

Esse panorama fez com que muitos empregadores questionassem se existia a real necessidade de ter uma sede própria e levou centenas de companhias a decidirem pelo coworking.

De acordo com dados do Censo da Associação Nacional de Coworking e Escritórios Virtuais (ANCEV) de 2021, há 1.647 coworkings ativos no Brasil, o que representa um crescimento de 10% nos últimos dois anos.

Além de praticidade e sustentabilidade, o mercado de coworking oferece benefícios, como:

Flexibilidade

O coworking é um facilitador de ajustes, local de trabalho compartilhado que permite adaptação mais rápida às demandas do negócio. É possível fechar contrato com o espaço sem antecedência, além de poder renegociá-lo facilmente caso a equipe cresça ou diminua.

Apesar de estar em um ambiente conjunto durante a maior parte do tempo, a infraestrutura com salas exclusivas supre a necessidade de privacidade.

Economia

Procura por uma infraestrutura completa sem pagar uma fortuna? Estima-se que o coworking reduza seus custos fixos mensais em até 85% quando comparado com um escritório convencional. Isso porque o compartilhamento de gastos com água, energia, internet, limpeza, manutenção e outros, otimiza despesas e torna você 100% responsável somente pelos seus itens pessoais. Além disso, ao economizar verbas e tempo com burocracias, é possível impulsionar o crescimento do negócio.

Networking

Aumentar as conexões profissionais é outro fator que contribui para o crescimento da empresa. O coworking promove o compartilhamento de experiências, troca de ideias e colaboração, tendo em vista que há profissionais de diferentes perfis no mesmo lugar. São ambientes onde é comum fazer novas parcerias e encontrar clientes em potencial, aspectos que aprimoram a produtividade.

Localização privilegiada Na maioria das vezes, os coworkings são projetados, de forma estratégica, em locais de fácil acesso e ampla movimentação de pessoas, favorecendo o deslocamento e a visibilidade. Além disso, não ter uma sede própria possibilita que o profissional transite por algumas opções antes de definir a área mais adequada para trabalhar. Após tomada essa decisão, o endereço e estrutura do espaço colaboram para impressionar os clientes e criar uma imagem profissional mais estável, reforçando a credibilidade do negócio.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.