Sem categoria

LGPD, hora de atenção a este assunto.

Se você nunca ouviu falar, vamos começar pela definição. A sigla LGPD significa Lei Geral de Proteção de Dados. Essa lei foi aprovada em 2018 e visa estabelecer normas de segurança de dados fornecidas pelos usuários da internet. Essa lei se aplica a diversas plataformas diferentes como as redes sociais (Facebook, Google +, Twitter), e-commerce (Americanas, Mercado Livre, Magazine Luiza) e por organizações em geral. A lei não é exclusivamente brasileira. Ao aderir, o Brasil passa a fazer parte do grupo de países que possuem uma LGPD. 

LGPD para cidadãos

No geral, a lei assegura que o consumidor / usuário / cliente tenha autonomia total sobre seus dados e o que pode ou não ser compartilhado. A necessidade surgiu pois, a partir do momento que alguma instituição adquiria os dados de alguém, ela obtinha direitos sobre ele, e esses dados passavam a pertencer à empresa. Isso possibilita até a venda de dados, tudo sem a ciência do real titular. Mas, porque os dados são tão importantes?

A importância dos dados

Para onde vão os nossos dados? E por que eles são tão valiosos? Bom, especificamente na internet, sempre que acessamos determinados sites, nossas atividades online são registradas. Uma simples curtida pode ser um dado importante, pois ela já define o tipo de conteúdo que o usuário consome. Um vídeo, uma pesquisa ou os dados que compartilhamos voluntariamente, tudo passa a ser um registro do comportamento do internauta. Há diversos destinos para esses dados, todos eles visam o aumento da receita por parte dos detentores e consumo por parte dos usuários.  

LGPD para empresas

Como empresa, é hora de revisar como acontecem esses processos. É sempre importante revisar como está o comportamento da companhia na internet. Caso sua empresa trabalhe com uma base de dados, é imprescindível que ela garanta que o usuário esteja seguro ou totalmente de acordo com o compartilhamento de seus dados. 

Não dá pra falar desse assunto sem mencionar o avanço tecnológico, o cumprimento dessa lei significa uma gestão especializada de todo o processo de informação, consentimento e revogação de dados por parte de seus clientes e visitantes. 

Mesmo que seu modelo de negócio não tenha uma presença digital, a LGPD se aplica a todas as empresas. A precaução é importante, pois mesmo sem coletar dados de clientes, a empresa contém uma base de dados de seus próprios colaboradores.

Vantagens

A LGPD veio para regulamentar uma prática, e não com a intenção de restringir atividades. Os dados ainda são compartilhados, o perfil dos consumidores ainda é traçado de acordo com as atividades de cada indivíduo na internet, mas agora tudo acontece com o termo que basicamente define toda essa legislação: Consentimento. 

Agora o usuário pode permitir ou não o compartilhamento dos dados, prezando pela sua segurança. A evolução tecnológica acontece muito rápido, é comum que, com o tempo, as coisas comecem a se adaptar de acordo com o uso. 

A LowCost está sempre antenada com as atualidades e disponível para modernizar os processos dentro da sua companhia! Conte com a gente.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *